11 3842-6407
contato@gyraser.com.br

Empoderamento Feminino

21 de fevereiro de 2019


Segundo o site significados.com.br, Empoderamento Feminino é o ato de conceder o poder de participação social às mulheres, garantindo que possam estar cientes sobre a luta pelos seus direitos, como a total igualdade entre os gêneros, por exemplo.

E segundo a cartilha dos WEPs o Empoderamento é composto por sete princípios para o meio empresarial, que oferecem orientação sobre como delegar poder às mulheres no ambiente de trabalho, mercado de trabalho e na comunidade. Eles são o resultado de uma colaboração entre a Entidade das Nações Unidas para a Igualdade de Gênero e Empoderamento das Mulheres (ONU Mulheres) e o Pacto Global das Nações Unidas.

São estes princípios:

  1. LIDERANÇA: Estabelecer uma liderança corporativa de alto nível para a igualdade entre gêneros;
  2. IGUALDADE DE OPORTUNIDADE, INCLUSÃO E NÃO DISCRIMINAÇÃO: Tratar todos os homens e mulheres de forma justa no trabalho – respeitar e apoiar os direitos humanos e a não discriminação;
  3. SAÚDE, SEGURANÇA E FIM DA VIOLÊNCIA: Assegurar a saúde, a segurança e o bem estar de todos os trabalhadores e trabalhadoras;
  4. EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO: Promover a educação, a formação e o desenvolvimento profissional para as mulheres;
  5. DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL E PRÁTICAS DA CADEIA DE FORNECEDORES: Implementar o desenvolvimento empresarial e as práticas da cadeia de abastecimento e de marketing que empoderem as mulheres;
  6. LIDERANÇA COMUNITÁRIA E ENGAJAMENTO: Promover a igualdade através de iniciativas comunitárias e de defesa;
  7. ACOMPANHAMENTO, MEDIÇÃO E RESULTADO: Medir e publicar relatórios dos progressos para alcançar a igualdade entre gêneros.

Quando comecei a pesquisar sobre Empoderamento queria entender um pouco mais e buscar exemplos que me fizessem sentir empoderada, pois às vezes, ouço frases do tipo: “isto é empoderamento” e nem sempre concordo com estas colocações.

Com este assunto em foco, fiquei intrigadíssima quando na semana passada uma amiga me enviou um vídeo TEDTalks para assistir, dizendo-se muito  entusiasmada. Quando mostrei para minha secretária, a primeira frase dela foi: “Isso sim é empoderamento!”.

 

E eu fiquei pensando em quanto o empoderamento é algo mais profundo, que nos toca e nos faz tornar fã de alguém. Embora, não seja afeita a ser fã de alguém devo admitir que esta profissional/esta mulher me transformou em uma fã e me fez olhá-la como um modelo do que eu desejo ser agora e no futuro. Ou seja, jamais esquecer que eu posso, que tenho habilidades e possibilidades que independem da fase da vida em que estou, posso utilizar para o meu próprio bem, buscando realização e trazendo realização para outras mulheres.

 

Primeiro, porque o empoderamento que ela traz não é somente para ela, mas para todas as mulheres, pois todas chegaremos a fase aonde ela está criando este empoderamento.

 

Esta mulher é a Helena Schargel que, aos 79 anos, criou uma linha de lingerie para mulheres acima de 60 anos (a linha 60+). E se tornou sua principal modelo.

 

Ao assumir este desafio, ela traz à consciência a necessidade de cada mulher, inclusive as com mais de 60 anos, de se auto-empoderar, seja assumindo sua própria realidade, seu corpo, seus desejos, suas capacidades e limitações, sem envergonhar-se ou abandonar-se.

 

Te convido a buscar no youtube a palestra da Helena no TEDxSão Paulo, para entender sua energia, capacidade e possibilidades. E perceber o quanto você pode empoderar-se, em vez de ficar esperando que outros façam isso por você.

 

Meu convite para você: Veja as possibilidades reais que você tem de empoderar-se e transformar sua vida!